Pra ser feliz agora

by - 02:08


Não sei de onde veio essa teoria, mas já repararam que a gente projeta toda nossa realização no futuro? Quando tal coisa acontecer, eu faço. Quando essa situação se resolver, eu vou. Quando tudo isso mudar, eu vou ser feliz.
E agora, o que estamos fazendo?
É muito bom planejar, ter sonhos, metas, objetivos... Eu adoro gastar tempo viajando sobre o futuro, sobre as coisas que ainda quero fazer ou viver. Fazer planos de ação não só é gostosinho e instantaneo criador de quentinho no coração, como é uma ferramenta prática pra gente chegar lá. Mas não dá pra viver no mundo das ideias pra sempre.
Eu ouço muito falar sobre passado, sobre se desprender dele, sobre perdoar e deixar o que ficou pra trás e todo mundo que fala isso tá bem certo sim. O passado é um vilão quando tentamos focar em ser felizes, mas não é o único. O excesso de apego no futuro anda bem juntinho dele.
Conforme eu tenho estudado mais sobre espiritualidade e desenvolvimento pessoal, eu finalmente entendi algo que a gente já deveria nascer sabendo, o conceito de agora. Junto dele uma revelação que pra mim foi bombástica: o passado e o futuro não existem!
Sério, vocês já pensaram nisso?! Foi uma reflexão completamente mindblowing pra mim. Basicamente tudo, incluindo passado e futuro só existem no presente, no agora. O passado só existe na nossa mente quando lembramos dele no agora. O futuro quando é planejado é no agora e quando a gente finalmente alcança ele, se torna agora. Como eu não tenho lá muita autoridade pra explicar esse conceito mais aprofundadamente, vou deixar uns links no final do post, certo?
Mas voltando ao que eu quero falar nesse post, se tudo o que existe é o agora, porque depositar tantas expectativa no futuro e não tomar a decisão de depositar sua felicidade toda no presente? Porque sim, é uma decisão. Olha pra tudo o que você possui hoje, tudo o que já conquistou.
Talvez nem pareça que você tem muito, mas olha, tem tanta coisa pra ser grato que só tá carente da nossa atenção. Talvez pareça que está tudo dando errado, mas só parece que deu errado porque o foco está na coisa errada: aquilo que ainda não é. Aquilo que já é está dando certissimo.
Focar no que não é, no ainda vai ser é uma armadilha sem tamanho. Nessa corremos o risco de nem perceber que o que queríamos já aconteceu ou ficarmos frustrados quando acontecer e nos darmos conta de que nem era tudo isso, afinal acontecimento nenhum pode trazer felicidade instântanea.
Tem uma frase bem clichezona – amo frases clichês, me perdoeem – que resume todo esse post: a vida não é sobre o destino, mas sobre o caminho até ele. Você tem seus objetivos e sonhos e eu realmente quero que você planeje a sua viagem até eles e gaste algum tempo sonhando com a chegada, mas gaste o triplo desse tempo olhando a paisagem da estrada.
Olha pro presente, seja grato por tudo o que já existe nele e escolha a felicidade que já está disponível pra você.

Como prometido, recomendo antes de qualquer coisa a leitura do livro do Eckart Tolle, O Poder do Agora. Tem um resumo bem legal dele feito pelo canal Ilustradamente: 


Tem também esse vídeo da Gisela Valin:


Mais links, vídeos, sugestões de leitura e um monte de agradinho pro coração tem sabe onde? Na nossa newsletter! Só assinar aqui nesse link (http://tinyletter.com/carolinefrizeiro) que logo um monte de coisas ótimas vão passar a chegar na sua caixa de e-mail.

You May Also Like

0 comentários

Deixe aqui sua opinião sobre esse post, ela é muito importante!

*Lembrando que eu irei respondê-lo assim que possível, portanto volte nesse post para ver a sua resposta!

* Comentários Anônimos não serão aceitos. Não custa nada se identificar, não é mesmo?!

Licença Creative Commons
Carô de Caroline Frizeiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.carolinefrizeiro.com/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://www.carolinefrizeiro.com/p/contato.html.
É importante informar que este blog contém imagens extraídas de sites de busca, não tendo sido encontrado o proprietário das mesmas. Se você possui direitos sobre qualquer imagem aqui contida por favor entre em contato para pedir a remoção ou créditos. Seu pedido será imediatamente atendido. Obrigada.