Vida Universitária: Fazendo Amigos na Faculdade

by - 02:34





Acho que a coisa que mais apavora humanos ao chegar a lugares diferentes é não conhecer ninguém, não conseguir fazer contato com ninguém, ou no caso de um lugar no qual você vai ficar muito tempo – tipo escola, faculdade –, não fazer amigos.
Como eu sempre passo por isso e sou bem tímida na hora de me aproximar das pessoas, não tinha nada relevante pra ensinar sobre isso, tive que dar uma boa estudada pra ajudar vocês, mas no final consegui reunir algumas dicas bem úteis que eu, aliás, queria ter sabido antes de entrar na faculdade.

Esqueça quem você é era no ensino médio


O ensino médio é cheio de estereótipos, sabemos. É como se todos tivéssemos um crachá no pescoço dizendo quem somos – mesmo que não tenha nada a ver com a realidade – e passamos tanto tempo com esse crachá que acabamos nos acostumamos com o que ele diz sobre nós.
A primeira dica é que, ao chegar à faculdade, você jogue esse crachá pra bem longe, independente de gostar ou não do que está escrito nele por um motivo bem simples: Ninguém se importa! Se você era a diva popular da escola, ninguém liga pra isso e todo mundo te tratará da mesma forma que trata os outros. Se você era o nerd esquisitão, ninguém liga pra isso e todo mundo te tratará da mesma forma que trata os outros. Entendeu?
Entrar na faculdade é meio que dar um reset no jogo e poder escolher um novo personagem pra jogar e agora, como se espera que todos estejam mais maduros, você pode enfim escolher ser você mesmo. 

Leve em conta que o 1º semestre/período é um tempo de adaptação



Praticamente ninguém conhece ninguém e ta deixando pra trás o convívio diário com os amigos de sempre, boa parte das pessoas esta chegando a uma cidade nova e, pela primeira vez, largando a casa dos pais.  Sem contar que agora todo mundo está conhecendo um sistema novo de educação, mais livre, mas que exige mais responsabilidade. É tudo novo e nesses seis primeiros meses todos vão estar se adaptando, então relaxe um pouco, muita coisa pode mudar pela frente. 

Quase todos os calouros estão na mesma situação que você


Pegando gancho no último item, uma coisa boa da faculdade é que sua turma inteira é nova naquele lugar, então não tem aquele estranhamento que acontecia quando você era a única pessoa nova na escola, por exemplo. Você vai ser uma completa outsider no início, mas no mínimo umas 30 pessoas também serão e isso só no seu curso. E o melhor, a maioria estará como você, loucos pra fazer amigos, mas sem jeito, como medo, etc. E sabe aqueles veteranos super cools e populares na faculdade? Eles passaram pela mesma coisa quando eram calouros. 

Apresente-se


Esse é um item que dá medo, mas que é quase fundamental. A gente tem a tendência de deixar o outro tomar a iniciativa na hora de se apresentar, mas que tal fazer diferente dessa vez. Você não precisa chegar falando: “Oi, eu sou a fulana, quer ser meu amigo?”, mas que tal quando avistar algum outro calouro sozinho por perto, fazer algum comentário bobo e aí sim dizer seu nome, perguntar o dele(a) e já engatar um papo, sobre a faculdade mesmo.

Envolva-se


A faculdade é cheia de lugares propícios a criar amizades. São vários projetos, oportunidades de bolsa e, participando dos projetos que têm a ver com você, você conhece um monte de gente com interesses em comum. Outra coisa importante é participar dos encontros e saídas da sua turma ou da galera da faculdade, em geral, são sempre ótimas oportunidades de integração.
E se eu tiver que resumir o post todo em uma dica, eu diria “relaxe”. Essas são maneiras de facilitar a jornada da construção de amizades, só. Como eu disse, não segui nenhuma dessas dicas e em pouco tempo eu já tinha várias pessoas queridas na faculdade que hoje quero levar pra vida toda, ou seja, você não precisa ficar se preocupando tanto se vai ou não fazer amigos porque logo eles acontecem pra você. Take it easy.

E como você faz pra se enturmar em lugares novos? Dá mais ideias pra gente aí nos comentários.

You May Also Like

0 comentários

Deixe aqui sua opinião sobre esse post, ela é muito importante!

*Lembrando que eu irei respondê-lo assim que possível, portanto volte nesse post para ver a sua resposta!

* Comentários Anônimos não serão aceitos. Não custa nada se identificar, não é mesmo?!

Licença Creative Commons
Carô de Caroline Frizeiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://www.carolinefrizeiro.com/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://www.carolinefrizeiro.com/p/contato.html.
É importante informar que este blog contém imagens extraídas de sites de busca, não tendo sido encontrado o proprietário das mesmas. Se você possui direitos sobre qualquer imagem aqui contida por favor entre em contato para pedir a remoção ou créditos. Seu pedido será imediatamente atendido. Obrigada.