/* Analytics -----------------------------------------------*/ /* Pinterest Verified -----------------------------------------------*/

24 de junho de 2016

[Rio Moda Rio] Fashionista de Primeira Viagem

Outro dia postaram em um grupo de Facebook que participo que dali a poucas horas o credenciamento de imprensa pro Rio Moda Rio terminaria. Quem quisesse tentar, era a última chance. Cliquei no link, vi que era um formulário rápido e resolvi preencher, com zero de esperança, uma vez que esse blog estava sem posts há algum tempo.
Qual não foi a minha surpresa ao receber, logo pela manhã do outro dia, a aprovação do meu credenciamento. Como a maioria sabe, entrei na universidade porque queria ser jornalista de moda, mas acabei brigando com a moda no meio do curso e fazia tempo que eu sequer lia um resumão de uma fashion week. Quando eu li aquele “aprovado”, soube que estava na hora de uma reconciliação e da melhor maneira possível.

Eu poderia fazer a rica e contar como o evento foi só mais um de moda, mas devo aqui exercer a humildade e contar que, como foi a minha primeira grande semana de moda, eu estava achando tudo bem surrreal. Logo que fui buscar a credencial, na hora de assinar, meu nome tava logo acima do da Chantal Sordi e, sei lá, ver meu nome no mesmo contexto de uma profissional que eu admiro tanto me fez pensar que talvez ainda exista um lugar pro jornalismo de moda na minha vida.
Susan Miller já havia me alertado que eu poderia me perder durante uma viagem semana passada. E bem, no primeiro dia de evento o motorista do uber se perdeu e eu juro que achei que ia morrer. A qualidade do uber caiu tão absurdamente que nessa briga entre eles e os táxis eu to começando a achar que o mais prudente é andar a pé. Mas graças ao Eterno consegui chegar ao Pier com vida e inteira.
No primeiro dia teria um bate papo com Tulipa Ruiz, de quem eu sou bem fã (e já indiquei na nossa fã page, vocês lembram?) e, mesmo odiando tietar famoso, prometi pra Carolzinha que adora performar as músicas do Dancê na frente do espelho que tiraria uma foto com ela.
Nessa de uber se perdendo, eu já nem tinha mais esperanças de chegar a tempo, mas o bate papo não só atrasou, como ainda teve um pocket show dessa maravilhosa logo depois. E eu consegui minha foto, que quase foi prejudicada por conta dessa luz e pela qualidade da camêra do meu celular, mas quem se importa quando tem alguém tão maravilhoso do seu lado.

A qualidade da foto ta pífia, mas o amor ta bem grande

Aliás, por falar em tietar e gente que eu admiro, a Elle não é minha revista preferida à toa. Eles tinham um lounge abençoado com pipoca, cerveja e revista de graça, além de muitos lugares pra descansar dos quais eu fiz bastante uso.
Nessa, tava bem plena sentadinha comendo minha pipoca (que tava divina) e no puff colado ao meu estava a rainha absoluta do jornalismo de moda Susana Barbosa. Em momentos como esse, você se permite surtar internamente um pouco e fazer a tiete, mas é claro que eu fiquei com medo de micão e acabei sem falar com ela (YES REGRETS).
Eu fui não focada só nos desfiles, mas no movimento que esse evento iniciaria. Pra mim, esse é o momento da moda carioca e ver tantos estilistas novos tendo a chance de expor seu trabalho e ver tanta representatividade encheu meu coração de esperança.
Sabe aqueles looks absurdos que sua mãe certamente já perguntou quem usaria? Quase não vi. Vi looks reais, próprios pra realidade carioca, que valorizavam a pluralidade de estilos que nossa região tem. Isso se repetiu nos desfiles, quanto nas pop up stores e nos corredores.
Ir a um evento de moda é saber que você está vulnerável a olhares críticos o tempo todo (você chega a se questionar se não borrou o batom ou entornou café na camiseta), mas é também uma chance de descobrir que as pessoas podem sim ser incríveis. Saí do Rio Moda Rio ainda mais fã dos profissionais que já admirava por descobrir que são queridos até não poder mais e completamente apaixonados por suas funções.
No final das contas, saí do Rio Moda Rio não só reconciliada, mas ainda mais envolvida com uma moda que inclui e representa. Afinal, dentre tantas coisas, moda é esse grande despertador de emoções.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo