/* Analytics -----------------------------------------------*/ /* Pinterest Verified -----------------------------------------------*/

7 de novembro de 2015

De Deus: Uma Reflexão

Estava lendo alguns textos antigos, da primeira fase do blog e percebi que eu citava bastante a Bíblia e tentava trazer ensinamentos (eu, ensinando, pfff), mas hoje percebo uma necessidade muito maior de usar esse espaço pra refletir e conversar com vocês sobre temas da vida cristã.
Meu pedido é pra que tomem sempre os textos desse espaço como uma reflexão ou diálogo e não como instruções ou uma tentativa de dizer como você deve viver sua vida. Sou uma simples serva, buscando conhecer o Pai e as coisas dEle, como você. Eu tenho uma história de relacionamento com Deus bem diferente da maioria das histórias de vida com Cristo que eu ouço por aí.  Qualquer dia eu conto por aqui.
Sinceramente, acredito que Deus analisa cada coração e dá direcionamentos diferentes, até porque somos todos tentados em áreas diferentes, temos pretensões de pecado diferentes. Não que algo seja pecado pra mim e não pra você, mas talvez expostos ao mesmo nível de tentação na situação X eu resista e você não e na situação Y você resista e eu não. Entende? (essa explicação fazia mais sentido na minha cabeça, eu juro!)
Eu não posso exemplificar mais exatamente por isso, porque morro de medo de levar você ao pecado dizendo que Deus me liberou pra fazer determinada coisa que não me leva a pecar e que se ele cogitasse a hipótese de liberar pra você, você já estaria pecando. Vai que você vem com aquele comportamento típico de irmão de: Se ela pode, por que eu não posso? Se eu estiver errada, eu terei de lidar com a conseqüência dos meus erros, mas seria insuportável lidar com a idéia de que levei alguém pra um passo, sequer, mais distante do Pai. (um chocolate pra cada vez que eu disse você nesse parágrafo)
Então eu peço, que qualquer relato que eu fizer sobre a minha vida, não tomem como exemplo de como viver. Na verdade, não só a minha, de qualquer pessoa. Existe um único cara que deve servir de exemplo pra todos nós e ele é Jesus.
É claro que a maioria dos textos aqui tem o objetivo de compartilhar algo que o Eterno me falou, algum aprendizado, etc, mas antes de qualquer coisa, consultem a Ele.  Ele sabe se eu estou certa ou errada e, mais do que isso, se isso se aplica ou não a sua vida. E mais uma vez, não só os meus textos, não só esse blog. Tudo o que você ler, assistir, ouvir consulte a Ele antes pra saber como aquilo se aplica na sua vida e se de fato se aplica.
Não quero aqui desvalidar meus textos (longe de mim. Continuem vindo aqui, ta bem?), mas a gente precisa consultar mais a Deus sobre as informações que recebemos sobre Ele e as coisas dEle. Todo mundo é passível de erro e isso não torna ninguém mais ou menos Cristão, é só uma característica humana mesmo.
Esse texto mesmo é uma prova da necessidade de consultar Ele antes de qualquer coisa. Comecei isso aqui com a intenção de fazer um texto sobre outro assunto, orei pedindo a Deus que esse texto fosse o que Ele quer que seja, daí Ele me disse pra fazer um parágrafo sobre esse tema e, tandan, olha bem o que temos aqui.
Então que continuemos nosso diálogo, mas que ele continue sendo o mediador, o diretor, avaliador e condutor. 

Em amor.

_____________________________________________________________________________________________________
UPDATE

Deus é tão demais que ele jogou essa pregação do Rodolfo nas minhas mãos (na minha tela, né?) no início da semana e eu fiquei enrolando pra ver a semana toda e aí, quando finalmente assisto (no caso às 2 da madrugada de sábado pra domingo) ele fala coisas super a ver com coisas que falei nesse texto que nem pretendia escrever.
E Ele vai bem mais além através da vida do Rodolfo. Foi um haduken atrás do outro que até agora to num misto de choque, com excitação, com fascínio, com sei lá o quê, que eu espero nunca mais me recuperar. Só assiste aí depois a gente conversa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo