/* Analytics -----------------------------------------------*/ /* Pinterest Verified -----------------------------------------------*/

13 de março de 2018

Meus modelos de vestido favoritos

Eu reforço até na bio do blog o meu amor por vestidos. Confesso que, se pudesse, não usava outra peça. Por isso em mais um post em parceria com a Zaful, hoje eu vou mostrar pra vocês alguns dos meus modelos de vestido favoritos.




Vestidos Retrô


Eu amo a década de 50 e as tendências de moda dessa época, calças capri, saias rodadissimas, sapatilhas… tudo tão elegante e romântico. É por isso que os vestidos com toque retrô são, de longe, os meus favoritos. Saias godê infladas com tule, decotes em formato de coração, ai, ai… confesso que se não fosse o medo de parecer fantasiada, andaria como uma pin up de forma orgulhosa.
Mas é claro que a gente faz o que pode e existem modelos mais, digamos, modernos, com menos volume e cortes mais atualizados. Pra mim são os vestidos de primavera perfeitos porque me lembram um piquenique a tarde durante minha estação do ano favorita.

Curtinhos


Vou me permitir abrir mão da modéstia aqui e dizer: eu amo minhas pernas! E amo exibi-las por aí em comprimentos curtinhos. E, como já era de se esperar, os vestidos são os meus preferidos pra colocar as pernas pra jogo. Aliás, um truque pra quem quer dar um toque sensual quase velado ao look: vestidos brancos curto! Principalmente os mais soltinhos. Eu não sei exatamente a razão, mas vestido branco tem um poder sobre as mulheres e sua sensualidade. Eu, particularmente, amo!




  

Vermelho


Aproveitando que estamos falando de cores, quando o assunto é roupa, minha favorita é vermelho. Acho que é uma cor que empodera a mulher, sem contar que é muito elegante. Tenho muitas peças dessa cor, dentre elas, vestidinhos. Meus favoritos são os em vermelho mais escuro, sobretudo os em tecido acetinado, a personificação em cores das femme fatale dos filmes noir. Pra quem quiser entrar nessa atmosfera, olha só a seleção de vestidos vermelhos da Zaful pra 2018.

Shirt Dresses [vestido camisa]


Esse é um amor controverso. As vezes amo, as vezes odeio, varia muito do modelo. Mas, no geral, amo alfaiataria e acho que essa conversão vestido – camisa funciona muito bem e são uma das minhas opções preferidas pra temporada de praia. Gosto dos que têm corte mais reto, masculino, mas mais compridos… ficam lindos sobre o biquini, pra uma saída pós praia/piscina. Se você ainda não experimentou essa ideia, pode ver mais vestidos camisa para mulheres aqui.

Essa é minha seleção com alguns poucos vestidos que amo, mas esse post poderia render mais e mais… E a Zaful está repleta de vestidos lindos - e outras peças também! Agora me conta aqui nos comentários qual a sua peça preferida.

Este é um publipost. Isso significa que foi feito a pedido de uma marca, mas as opiniões aqui registradas são pessoais e verdadeiras.

20 de fevereiro de 2018

3 vestidos para usar nesse verão

Não tem peça melhor pro verão brasileiro que vestido: Práticos, fresquinhos, têm pra todo estilo, dá pra usar em qualquer ocasião… Até lendo a bio aqui do blog dá pra saber o quanto eu amo. Pensando em como vestidos são uma peça tão aliada ao nosso cotidiano que, em parceria com a Zaful, hoje eu conto pra vocês 3 modelos pra investir esse ano.

Novos clássicos

Todo ano uma estampa nova surge como aposta e todo ano algumas apostas se repetem. E por mais que tenha gente que torça o nariz, parafraseando algo que li no twitter outro dia, vestidos em animal print já não são mais tendência, são clássicos! E não pense nas oncinhas escandalosas, já que existe uma diversidade de dimensões e tonalidades. Outra estampa que já é clássica é o xadrez, e já que estamos falando de vestidos, olha aqui como ficam perfeitos pra quem gosta de romantismo e discrição.

Vestidos divertidos


Bom humor está sempre na moda! Até a haute couture vira e mexe perde aquele ar turrão pra investir em toques bem humorados nos looks. Por isso que vestidos com estampas mais divertidas são uma opção ótima pra deixar o look mais alegre, a cara do nosso verão, sem perder o estilo. Dependendo do seu estilo ou da ocasião, o segredo é escolher peças com formas mais retas, em tecidos mais sofisticados, em cores mais escuras e/ou padronagens mais espaçadas para um resultado mais adulto. As estampas de fruta, como essa aqui, são a cara do nosso verão ultra tropical!

Amarelo


Já pra quem não curte muito estampas e gosta mesmo é de vestidos lisos, na ala das cores quem anda bombando é o amarelo. A cor é muito alegre e, por isso, deixa qualquer look com ares mais animado. A aposta número 1 são os vestidos amarelo mostarda ou açafrão, mas vale sim escolher sua tonalidade favorita ou que mais combina com seu tom de pele.





A Zaful está cheia de vestidos lindos e tem ainda um blog com dicas ótimas! E vocês me contem aqui nos comentários quais os modelos favoritos de vestidos? Vou amar saber!

Este é um publipost. Isso significa que foi feito a pedido de uma marca, mas as opiniões aqui registradas são pessoais e verdadeiras.


19 de fevereiro de 2018

3 modelos de biquíni que estou amando nesse verão

Como boa praieira que sou, mal o verão ameaça a chegar e já começo a minha busca pelos modelos novos de biquíni. Como eu amo passar horas em lojas online pesquisando as novidades, resolvi, em parceria com Zaful, contar pra vocês três dos meus modelos de biquíni favoritos desse verão.

Cor da pele


Uma realidade de todas nós: Kardashian usa, a gente logo quer. É o caso dos biquínis e maiôs naked, que Kim e suas irmãs não largam mais e que logo viraram sucesso nas praias pelo mundo afora. Confesso que a princípio eu estranhei a tendência, mas não demorou muito até eu me apaixonar. É um modelo bem sensual e, como diz o nome (naked = sem roupa), o segredo é escolher a peça em uma cor que se aproxime bem do tom da sua pele. Mas vale também escolher um tom mais escuro que realce seu bronzeado. Esse segundo caso é o meu favorito, como esses biquínis marrom da Zaful.





Bolinhas


É só ler a bio aqui do lado pra saber meu amor por essa estampa, né? Eu amo moda retrô e a estampa de polka dots – nome fashionista das bolinhas – é uma forma fácil de trazer a carinha de décadas passadas pra qualquer look, inclusive pra moda praia. O melhor das bolinhas é que elas existem em vários estilos e dá até pra usar como ilusão de ótica pra ampliar ou diminuir a área que você quiser do corpo. Uma opção sempre estilosa. Pra ver modelos lindos e diferentes de biquíni de polka dots, clica aqui.



Tankinis


Esse nome soa estranho e o modelo provavelmente terá o mesmo efeito em nós, brasileiras tão apegadas à marquinha. Mas o momento de se apaixonar pelo biquíni que mais parece uma blusa chega para todas. Os modelos mais tradicionais de tankini são com camisetas compridas e calcinha maior, quase uma adaptação de maiô. São ideias pra quem não se sente confortável mostrando a barriga e quer uma opção que não marque tanto quanto os maiôs, que são justos.
Mas existem outras várias adaptações, como os tops com manga longa e, os meus favoritos, os top esportivos. Olha só esses modelos de biquíni tankini da Zaful que lindos.





Pra quem não conhece e ficou curiosa a Zaful é um e-commerce de moda feminina chinesa e, como a gente bem espera de lojas chinesas, as peças são lindas e os precinhos ótimos. E, pra quem ama ler sobre moda, o blog da Zaful está sempre cheio de posts com dicas e novidades.


Agora, depois desse post e no calor que faz aqui no Rio, fica difícil não ser uma compradora quase compulsiva de biquínis, né?! Quais os modelos favoritos de vocês e as novidades que andam querendo investir em moda praia? Me conta tudo aqui nos comentários.

Este é um publipost. Isso significa que foi feito a pedido de uma marca, mas as opiniões aqui registradas são pessoais e verdadeiras.

31 de agosto de 2017

O Tito, a Isa e a beleza de todo dia

Um dia a Sharon Smith indicou um canal que ganhou meu coração pela originalidade e por ser muito divertido. Chama Eventos Aleatórios de um menino chamado Tito Melo. O plano era fazer um post só indicando o canal, mas quem seria eu negando uma oportunidade de um textão, não é mesmo?
Toda semana o Tito lança um vídeo que é basicamente um compilado de fatos que aconteceram com ele ao longo da semana. Diferente do que se pode pensar, a vida do Tito não tem nada de extraordinário, o que ele faz de extraordinário é dar destaque pra eventos da vida cotidiana, que eu e você poderíamos tranquilamente viver.
Nesse aspecto, o canal do Tito me lembra meu canal preferido da vida, que eu vivo falando por aqui, que é o da Isa Ribeiro. O que me atraiu para o universo que a Isa apresenta, principalmente através dos vlogs, é exatamente a capacidade de mostrar a beleza de um dia comum, de uma vida comum. Mais do que identificação, ambos oferecem reflexão e, quem sabe, uma mudança nas nossas posturas.
Quantas vezes já vi gente falando que sua vida não era interessante, “quem vai se interessar na minha vida” ou qualquer coisa do tipo, o que soa bastante estranho em um país onde um dos programas de maior sucesso consiste em ver 14 pessoas vivendo a vida cotidiana dentro de uma casa, né? Antes de falar sobre o fascínio que temos pela vida alheia, queria falar sobre o fascínio que deveríamos ter pela nossa vida.
A vida toda nos enchem de role models de ideais que deveríamos alcançar, de vidas melhores que a nossa que deveríamos buscar, que acabamos nunca nos satisfazendo e olhando como é lindo o que estamos vivendo hoje e agora. Ainda que você não reconheça nada de extraordinário no seu dia, tenho certeza que tem algo pra apreciar agora mesmo.
É a vida corrida, algumas frustrações, probleminhas que enfrentamos, excesso de informação e tecnologia e aí a gente esquece de sentar e contemplar. Na verdade é quando está tudo dando muito errado que a gente acaba percebendo essas pequenas belezas, mas quando tudo volta a dar certo a gente logo esquece.
O que o Tito e a Isa fazem é virar a lente das suas câmeras pros eventos do dia a dia e aí fazer a gente perceber a beleza. O que nos falta é escolher virar as nossas lentes pros eventos dos nossos dias e aí perceber a beleza. Bora, quando acabar de ler esse post fazer uma lista de tudo que há de lindo nosso dia, razões para sermos mais que gratos.
Se tiver dificuldade, começa percebendo como é maravilhoso ter uma cama, pessoas do bem a sua volta, acesso à internet. Volta os olhos pra maneira que o sol toca as coisas no seu caminho, alguma gracinha do seu bichinho de estimação e/ou de alguma criança. O abraço quentinho de uma pessoa que você gosta, assistir seu programa preferido na TV, ter tempo pra descansar, o barulhinho da chuva e o privilégio de ter um teto te protegendo dela. Eu juro que poderia fazer uma lista eterna aqui.
Complementando esse texto, lá no canal eu falei sobre como ser feliz é simples:



Pra te inspirar, enquanto escrevia esse texto lembrei de uma música da Lorena Chaves que sempre me ajuda a ser mais grata pela beleza do dia a dia. Que a gente também acorde pra reparar o que há de bom e se perca em todos os detalhes.

25 de abril de 2017

Pra ser feliz agora


Não sei de onde veio essa teoria, mas já repararam que a gente projeta toda nossa realização no futuro? Quando tal coisa acontecer, eu faço. Quando essa situação se resolver, eu vou. Quando tudo isso mudar, eu vou ser feliz.
E agora, o que estamos fazendo?
É muito bom planejar, ter sonhos, metas, objetivos... Eu adoro gastar tempo viajando sobre o futuro, sobre as coisas que ainda quero fazer ou viver. Fazer planos de ação não só é gostosinho e instantaneo criador de quentinho no coração, como é uma ferramenta prática pra gente chegar lá. Mas não dá pra viver no mundo das ideias pra sempre.
Eu ouço muito falar sobre passado, sobre se desprender dele, sobre perdoar e deixar o que ficou pra trás e todo mundo que fala isso tá bem certo sim. O passado é um vilão quando tentamos focar em ser felizes, mas não é o único. O excesso de apego no futuro anda bem juntinho dele.
Conforme eu tenho estudado mais sobre espiritualidade e desenvolvimento pessoal, eu finalmente entendi algo que a gente já deveria nascer sabendo, o conceito de agora. Junto dele uma revelação que pra mim foi bombástica: o passado e o futuro não existem!
Sério, vocês já pensaram nisso?! Foi uma reflexão completamente mindblowing pra mim. Basicamente tudo, incluindo passado e futuro só existem no presente, no agora. O passado só existe na nossa mente quando lembramos dele no agora. O futuro quando é planejado é no agora e quando a gente finalmente alcança ele, se torna agora. Como eu não tenho lá muita autoridade pra explicar esse conceito mais aprofundadamente, vou deixar uns links no final do post, certo?
Mas voltando ao que eu quero falar nesse post, se tudo o que existe é o agora, porque depositar tantas expectativa no futuro e não tomar a decisão de depositar sua felicidade toda no presente? Porque sim, é uma decisão. Olha pra tudo o que você possui hoje, tudo o que já conquistou.
Talvez nem pareça que você tem muito, mas olha, tem tanta coisa pra ser grato que só tá carente da nossa atenção. Talvez pareça que está tudo dando errado, mas só parece que deu errado porque o foco está na coisa errada: aquilo que ainda não é. Aquilo que já é está dando certissimo.
Focar no que não é, no ainda vai ser é uma armadilha sem tamanho. Nessa corremos o risco de nem perceber que o que queríamos já aconteceu ou ficarmos frustrados quando acontecer e nos darmos conta de que nem era tudo isso, afinal acontecimento nenhum pode trazer felicidade instântanea.
Tem uma frase bem clichezona – amo frases clichês, me perdoeem – que resume todo esse post: a vida não é sobre o destino, mas sobre o caminho até ele. Você tem seus objetivos e sonhos e eu realmente quero que você planeje a sua viagem até eles e gaste algum tempo sonhando com a chegada, mas gaste o triplo desse tempo olhando a paisagem da estrada.
Olha pro presente, seja grato por tudo o que já existe nele e escolha a felicidade que já está disponível pra você.

Como prometido, recomendo antes de qualquer coisa a leitura do livro do Eckart Tolle, O Poder do Agora. Tem um resumo bem legal dele feito pelo canal Ilustradamente: 


Tem também esse vídeo da Gisela Valin:


Mais links, vídeos, sugestões de leitura e um monte de agradinho pro coração tem sabe onde? Na nossa newsletter! Só assinar aqui nesse link (http://tinyletter.com/carolinefrizeiro) que logo um monte de coisas ótimas vão passar a chegar na sua caixa de e-mail.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo